ASP conquista o 2º lugar nacional em prova de campo da ABHB/EMBRAPA no Hereford

A Agropecuária São Pedro conquistou o 2º lugar nacional na Prova de Avaliação a Campo de Reprodutores Hereford da Associção Brasileira de Hereford e Braford e Embrapa Pecuária Sul 2017 – 2018 (PAC – HB) , com o reprodutor  ASP G165 Kenya Jr. SP9135 SM360087 .

G165 é filho do campeão da prova de 2013 – 2014, o ASP C104 Kenya (leia em  http://www.agropecuariasaopedro.com.br/asp-e-bi-campea-nacional-da-pac-na-raca-hereford-e-consagra-a-forca-da-sua-genetica-a-pasto/ ), consagrando definitivamente uma linhagem adaptada as diversas condições ambientais e com excepcional ganho de peso a pasto, pois Kenya é filho do 2º colocado na PAC de 2010 – 2011, o ASP 9049 Pontaço, sendo este o 1º colocado em características de conformação frigorífica e raciais na prova ( veja em http://www.agropecuariasaopedro.com.br/asp-9049-pontaco-polled-hereford/). Ainda em 2016-2017, outro filho de Kenya, o ASP F411 Keninha que obteve o 4º lugar na prova, que será ofertado no Remate Conexão Pampa em 26/10/2018. (conheça o remate clicando aqui).

Kenya foi o primeiro touro da raça que teve sêmen exportado para África em 2017 (http://www.abhb.com.br/genetica-hereford-brasileira-a-caminho-do-quenia/) e está sendo amplamente usado para cruzamento industrial no centro-oeste brasileiro.

O ASP G165 irá participar da Prova de Eficiência Alimentar, também da ABHB/EMBRAPA, e depois irá para central de coleta.

Com esse prêmio a Agropecuária São Pedro acumula, na raça Hereford, 2 campeonatos e 3 vice-campeonatos nacionais na PAC, ao longo de uma década de participação na prova de campo.  

“Estamos extremamente felizes do trabalho de uma década desenvolvido através da PAC, conseguimos obter uma linhagem de ganho de peso a campo, na raça Hereford, comprovando que nós, brasileiros, fomos capazes de produzir animais da raça, originariamente Britânica, adaptados ao clima Brasileiro.”

 

SOBRE A PAC

CLIQUE AQUI e veja o resultado final da PAC 2017-2018

A PAC – Embrapa – Hereford e Braford tem por finalidade auxiliar no melhoramento genético de bovinos de corte, comparando, dentro de um mesmo ambiente de criação, reprodutores de diferentes criatórios do Sul do Brasil, com o escopo de identificar animais superiores, em termos de genética, avaliando em um único índice uma série de características economicamente importantes para maximizar a produção de carne em sistema de pastejo. O que credencia os animais a participarem da PAC é que os terneiros devem ser, obrigatoriamente, inscritos em um programa de avaliação genética (PampaPlus, Promebo ou Delta G) e estarem ranqueados entre os 40% superiores na avaliação a desmama. A prova visa minimizar os diferentes efeitos de ambiente e suas interações, de forma a criar condições para que cada reprodutor participante da prova possa demonstrar seu real potencial genético. Assim, espera-se que o desempenho observado seja proporcional ao mérito genético de cada animal, sendo que grande parte da superioridade genética é passada para seus descendentes, uma vez que as características avaliadas na PAC são herdáveis e de magnitudes moderadas a altas. Portanto, essa genética avaliada na PAC é de grande utilidade para produtores de gado de corte que buscam melhorar o desempenho de seus terneiros e novilhos a campo, seja em raça pura ou em cruzamentos. (Fonte: www.abhb.com.br)

Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »